domingo, 19 de dezembro de 2010

Presente Cultural Care + GAP


Previously on depernasproar.blogspot...

Estou há 11 dias Online pela Cultural Care e ainda não tive nehuma notificação. Absolutamento normal, eu sei. Vasculhando meu perfil, descobri que lá aparece que não tenho experiência com under 2, o que é um engano. Já entrei em contato com São Paulo e amanhã, em Boston, o engano será corrigido. Ansiedade a parte, quero dizer que estou muito satisfeita com a minha agência. Sempre que preciso, eles são rápidos e ágeis em me ajudar. Até mesmo quando não dou notícias, minha agente de São Leopoldo sempre lembra de mim.



Agora as novidades:
Quinta-feira passada, recebi meu presentinho! Aquela câmera linda que as meninas que entregassem o dossiê atá dezembro com data de embarque para janeiro ganhariam. Aí ontem já aproveitei e comprei um cartão de memória para ela. Pra quem não sabe, o cartão é o SD com possibiblidade de até 4GB. Paguei R$29,90 e já se vão mais de 2h de gravação.Segue foto da belezura (Peguei a foto no site da CC mesmo. Hoje é domingo e a preguiça resolveu falar mais alto):


A outra novidade é que fiz meu cadastro no GAP. Longe de mim ir sem agência, ok? Cadastrei porque posso dar sorte e encontrar uma família que já está inscrita na CC. Ou ainda, posso convencer uma família a entrar na minha agência.

A primeira família que entrou em contato, é uma família de New Smyrna Beach, na Flórida. São quatro crianças, com idades bem legais: 2; 3,5; 6,5; 9,5.A mãe me paraceu super gente boa e a praia é linda! As crianças parecem adoráveis. Mas (1)... A agência deles é a APC. Mas (2)... Querem pra julho/2011. Se alguém que está indo pela APC quiser a indicação, estou aqui pra isso.

A segunda família não entrou em contato. Apenas me "favoritou". São duas crianças (1 e 3 anos) e localizam-se em Richmond, no Texas.

A terceira família ainda está em contato comigo. São de Fairfield, Connecticut. As crianças são duas meninas, de 2 e 6 anos. A mãe é brasileira e o pai americano. Estamos trocando e-mails supper longos e eles parecem interessados. O único problema é que me paracem querer nanny e não Au Pair. E como já disse, SEM AGÊNCIA, SEM EMBARQUE. Acabei de mandar um e-mail pra eles explicando sobre a agência, as vantagens e a segurança que proporciona. Agora é esperar resposta. Gostei muito da mãe. Ela é gaúcha de Porto Alegre, super pertinho de mim, mas mora há muitos anos nos EUA. Achei legal da parte dela dizer que posso escrever em inglês com ela.

Meninas, é isso. Minhas semanas estão passando loucamente rápido. Nesta última semana, trabalhei praticamente 3 turnos. Chegava em casa, dormia, acordava e já ia trabalhar de novo. Vocês não tem noção o que é trabalhar em uma escola em dezembro. Boletins, históricos, certificados, matrículas, rematrículas. Tudo pra ONTEM! Chegou sexta-feira à noite e nem pude ir no aniversário da minha amiga Jéssica, pois estava trabalhando. Minha cabeça martelava, a garganta doía e uma afta atrás da outra surgia na minha boca. Estresse? Acho que sim. Mas, faz parte. Não estou querendo que ninguém sinta pena de mim, só estou justificando minha "ausência" no blog de vocês. "Ausência" em parte, porque muito embora não tenha comentado, li cada atualização.

Parabéns pelos matchs, vistos, contatos, testes, inscrições e parabéns para aquelas que aguardam ficar on. Lembrem-se sempre: um passo de cada vez e a gente chega lá!

Até a próxima.

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Vídeo (again)

Post super The Flash só pra contar que fiz um vídeo novo. Sim, o som continua baixo (a não ser que se ouça no último volume), mas eu não sei mais o que fazer, porque a gente grita na frente da câmera e na hora de passar pro computador, é isso. Vamos torcer pra que as famílias tenham caixas de som mega potentes! Aí vai o vídeo:

video



Queria dizer que já tive contatos com famílias, mas isso não aconteceu. Estou online há dois dias e quer saber? Estou muito mais tranquila do que esperava estar. Até afastada do computador eu estou! #progresso
É claro que quero muito achar uma família, mas descobri que levo uma vida boa aqui no Brasil e não tenho por quê me deseperar pra "sumir"!

Desejo uma boa sorte pra todas e repito: adoro ler o blog de cada uma de vocês.
Esta semana foi cheia e passou voando. Minha cabeça dói, minha coluna dói (Mariana velha mode on) e eu preciso muito de uma ótima noite de sono. Espero ter novidades logo, logo!
Beijão meninas! :*


Seguem as respostas:

Manu: Obrigada florr! Acho que teremos de aprender a conviver com a ansiedade mesmo. Beijos e nos mantenha atualizadas sobre seu processo, hein?! :*

Camila: Muito obrigada querida! :D Beijão.

Luana: Obrigada! E continue postando no blog, adoro ler. Beijos :)

Bel: Estes sentimentos são super normais, eu acho. Mas cada uma sabe qual é a sua hora e não devemos nos apressar. Estamos nos candidatando pra cuidar de crianças, então devemos ser calmas e pacientes, haha. Se vou embarcar antes ou não, não importa. O que importa é que vou querer te encontrar por lá e vamos nos divertir muito juntas! Na verdade eu queria muito ir por fevereiro, mas sei que vai acontecer quando tiver que acontecer. Não se preocupe, amigas é que não vão faltar pra ti. E eu vou querer ser uma delas, ok?! Beijão e logo, logo tu já está on também!

Jojô: Muito obrigada! Gostei muito do seu também. :D Com certeza, não importando pra onde eu vá, vou passar por Atlanta então e aí vamos nos divertir! \o/ Só espero que eu não demore muito pra encontrar família e chegue quando tu já estiver voltando. :/ Beijão e boa sorte com tudo!

Camila: É isso aí. Tranquilidade é tudo. Muito obrigada e boa sorte! Estou acompanhando sua saga. Beijos x)

Fabíola: Nem me fale! haha Muito obrigada queriida, beijão :*

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Online!


Sabe aquele e-mail que tu espera, espera, espera... e dá F5, respira, dá F5, respira de novo, dá F5 de novo e parece que nunca vai chegar? Pois é, ele chega. Sabe quando? No momento que tu distrair a cabeça e lembrar que tem muito trabalho pra fazer, seu quarto talvez precise de uma arrumação, seu irmãozinho ia gostar de ter uma companhia pra brincar, a lista de livros que tu quer ler tá aumentando...

Ok, depois de 12 dias respirando e atualizando minha caixa de entrada, "Sim, estou online!" \o/

Estava eu trabalhando hoje pela manhã quando meu colega chega e diz que precisa fazer umas instalações no meu computador. "Como assim, não vê que eu tô esperando um e-mail chegar?", disse pra ele. Ok, não disse, mas pensei. haha Sai do computador e fui me ocupar de verdade. Alguns minutos depois ele disse que pra concluir a instalação, precisava buscar uns arquivos. Aproveitei e fiz o quê? Atualizei meu e-mail. E lá estava o que eu esparava ler há dias! Quando ele voltou, eu, só sorrisos, pensei "Fica o tempo que tu quiser agora.". Mas aí eu lembrei que quando uma família está com seu dossiê, tu recebe um e-mail também.

Será que a maratona F5 vai começar outra vez?
Pra falar a verdade, acho que ela nunca acabou.
Mas eu juro, juro que vou me controlar!



Meninas, muito obrigada por todas as visitas, todos os comentários, todos os incentivos.
Amo muito ler o que vocês escrevem nos seus respectivos blogs.
Quanto ao vídeo, acho que vou gravar outro. Mas aí já é assunto pra outro post.

Beijos
See you soon.

sábado, 4 de dezembro de 2010

Vídeo


Como vocês sabem, na quarta-feira passada, recebi meu aceite da Cultural Care. No e-mail dizia que em um prazo de cinco dias, estaria on. No máximo até segunda, isso deve ocorrer então. Caso contrário, devo mandar um e-mail para lá. Só sei dizer que minha ansiedade aumenta a cada segundo. Sexta-feira prometi pra mim mesma que ia deixar de ser doente e parar de atualizar meu e-mail a cada 2min. Prometi também que iria comprar esmaltes novos hoje, caso contrário, minhas unhas correm risco de vida. Dito e feito. Comprei duas cores lindas! E quanto a parar de atualizar meu e-mail? Bem... Nada a declarar. haha


Ok. Pra tentar distrair um pouco e estar pronta quando ficar online, hoje gravei meu vídeo. Sinceramente? Não gostei. Podia ter ficado melhor. Vou postar aqui. Vale criticar, elogiar, esculachar, avacalhar... Só não vale mentir! HAHAH


É. Foram muitas tentativas. Tive minha irmã como camera man e aí quando fui começar a editar, percebi que o som tinha ficado muito baixo. Tive que gravar de novo. Só que dessa vez sem ajuda, até porque ninguém aguenta ficar por perto de uma futura Au Pair por tanto tempo...




Pelo bem das minhas unhas, espero que o próximo post seja para falar que estou ON!

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Você está inscrita na Cultural Care Au Pair, parabéns!‏



     Confesso que estou assustada com tanta rapidez!

     Sexta-feira passada, 26/11, fui até a representante da CC de São Leopoldo e entreguei meu dossiê. 
Hoje, 01/12 (estou louca ou dezembro já chegou?), enfim, hoje, estava eu trabalhando bem tranquila (mentira, porque desde que comecei com esse processo todo, atualizo meu e-mail a cada 2min.), quando meu celular tocou. Pra quem não sabe, trabalho na biblioteca de um Colégio, cuja hora do recreio à tarde é às 15h40min, exatamente o mesmo horário que recebi uma ligação. Quase não conseguia ouvir, porque apesar de biblioteca ser lugar de silêncio, era hora do recreio, então já viu né... O núemero era muito estranho e logo pensei: Cultural Care. E eu acertei!
     Era uma supervisora de São Paulo dizendo que estava conferindo meu dossiê e precisava que eu respondesse o Teste de Personalidade que eles enviam para o e-mail. Como eu já havia respondido, expliquei isso para ela. Disse que tinha respondido na quinta-feira. Aí ela agradeceu e desligou.
Mas eu, neurótica do jeito que sou, achei que algo estava errado e mandei um e-mail para a minha representante de São Leopoldo, perguntando se tudo estava ok. Ela logo me respondeu dizendo que havia entrado em contato com São Paulo e que tudo estava ok sim. Muito pouco depois, recebo um e-mail com o seguinte título: 

     Você está inscrita na Cultural Care Au Pair, parabéns!‏


     Agora imaginem a minha alegria! Logo mandei outro e-mail para a minha representante (sim, sou chata) perguntando se isso significava que eu havia sido aceita. Ela me respondeu dizendo que sim, que no prazo de 5 dias eu receberei minha senha e então estarei online para as famílias e me desejou boa sorte! Mais feliz ainda, agradeci a atenção e disse que vou mantê-la informada de tudo. Aí um pouco depois ela me mandou um e-mail me avisando do presente para as meninas que entregassem o dossiê até essa semana com data de embarque para janeiro, esta linda mini-filmadora:
http://www.culturalcare.com.br/news/promocoes/promocao-filmadora.aspx
Disse que vou receber a minha em casa no prazo máximo de três semanas!
    Ok. Escrevi, escrevi, mas o que eu queria mesmo passar pra vocês é que estou muito feliz com a rapidez e atenção que a Cultural Care me proporcionou até agora. Tudo bem que pode demorar para eu encontrar minha família, mas no que depende deles, achei tudo muito ágil! Ponto para a CC.

    Agora é aguardar minha senha para estar online! \o/

 

domingo, 28 de novembro de 2010

O kit Embratur

Quem me conhece sabe que eu sou apaixonada por ler blogs de aspirantes/ex/atuais Au Pairs!
E todos eles sempre tem aqueles posts em comum. Vocês sabem, né? App entregue, Kit Embratur, Aceite, Primeira ligação, I have a match, I got my Visa, Last post from Brazil, First post from USA e por aí vai...

Ok. Meu app já foi entregue e eu estou esperando pelo meu aceite.
Por isso hoje, vou escrever sobre o Kit Embratur. Sugiro que todas vocês solicitem um. É fácil, rápido e o melhor, de graça! E já que "de graça até injeção na testa" eu pedi o  meu também. Basta enviar um e-mail para mara.rubia@embratur.gov.br explicando que vai fazer um intercâmbio e gostaria de poder mostrar um pouquinho da sua cultura para o país de destino. E não esqueça de informar seu endereço. Pronto. Agora é só esperar.

O meu chegou faz umas três semanas. Eu havia ido à trabalho na feira do livro de Porto Alegre e quando chegeui em casa, lá estava a caixa. Uma caixa relativamente grande pro conteúdo, mas tudo bem. Como eu disse, é de graça, então não dá pra reclamar. No meu kit (foto) veio um Dvd com um clip sobre cada estado brasileiro; um guia do Brasil, com fotos e resumos de cada estado, melhor época pra conhecer, o que levar, onde ficar (o que eu achei o mais útil e interessante, lembrando que tudinho é inglês); dois bottons do Brasil,  dois guias dos patrimônios históricos brasileiros, um imã de geladeirada da praia de Natal, RN e um identificador de mala, este com uma surpresinha (já explico).

O kit:


O guia, que me deixou com uma vontade louca de conhecer cada cantinho do meu país. Sim, porque as fotos são lindas e os comentários incríveis (mas nós bem sabemos que não é beeem assim). E é aí que eu tenho certeza que quando chegar nos EUA nem tudo será como o imaginado, e vou descobrir que o país possui defeitos como qualquer outro. Ok, isso eu já sabia...



A explicação: estava eu fuçando meu identificador de mala, meio sem interesse, quando eu vi que ele abria. Sim! E dentro dele, há um kit costura. Sim! Segue foto:



Bom, é isso. Como eu disse, vale a pena pedir o seu. O máximo que pode acontecer é ele chegar. E virar post pro seu blog (que eu vou adorar ler).

Beijos, até a próxima.

I'm back! ... e o dossiê foi entregue.

 Se é que alguma alma "Auperiana" percebeu que meu blog estava fechado, aqui vai: estou de volta!
Breve explicação: dia 1º de novembro visitei a Cultural Care. Me apaixonei pela agência! No mesmo dia já assisti uma palestra, recebi o link pra começar a preencher o dossiê, cinco dias depois fiz meu teste de inglês e entrevista pessoal, fui aprovada e continuei no dossiê.
Eu sei que isso não é motivo pra fechar o blog, mas além dos preparativos pra ser Au Pair em 2011 eu trabalho de segunda a sexta das 7h15min às 17h30min. Algumas vezes é preciso parar e pensar nas nossas prioridades e no momento, minha prioridade é realizar o meu sonho. Por isso, fechei o blog e dediquei, TODO, mas TODO o meu tempo livre a preencher o Dossiê, ir atrás das referências, consultas médicas, fotos, inglês, passaporte e tudo mais que vocês sabem que nós temos de passar.
Mas quero deixar bem claro aqui que NUNCA deixei de acompanhar o blog de cada uma de vocês. Estou bem informada sobre cada caso, apesar de ter deixado de comentar.

A questão é que, sexta, dia 26/11/2010 eu submeti meu dossiê. Está pronto. Ou pelo menos, eu acho que está.



Agora é esperar pelo aceite. Meninas, estou muito ansiosa! Segundo minha coordenadora da CC a previsão é que eu esteja On dia 7 de dezembro.
Essa semana vai ser mais devagar do que Mariana em domingo à tarde.



Mas pra preencher a cabecinha (e o tempo livre), quero dedicá-la a preparar meu vídeo e uma folha com perguntas e respostas para quando o tão esperado contato com as famílias começar.

É isso aí.
Não tenho mais previsões/pretensões de fechar o blog, mas caso aconteça, deixem seus e-mails aí para que eu possa autorizá-las a continuar lendo. x)

Agora tenho mais alguns posts pra preparar.
See you soon girls!

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

O sucesso é construído a noite.


Um Meio ou uma Desculpa

Não conheço  ninguém que conseguiu realizar seu sonho sem sacrificar feriados e domingos  pelo menos uma centena de vezes. Da mesma forma, se você quiser construir uma  relação amiga com seus filhos, terá que se dedicar a isso, superar o cansaço,  arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo. Se  quiser um casamento gratificante, terá que investir tempo, energia e sentimentos  nesse objetivo.
O sucesso é construído à noite! Durante o dia você faz o  que todos fazem.
Mas, para obter um resultado diferente da maioria, você  tem que ser especial. Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados. Não se compare à maioria, pois infelizmente ela não é modelo de sucesso. Se você quiser atingir uma meta especial, terá que estudar no horário em que os outros  estão tomando chopp  com batatas fritas. Terá de planejar enquanto os outros  permanecem à frente da televisão. Terá de trabalhar enquanto os outros tomam sol à beira da piscina.
A realização de um sonho depende de dedicação. Há  muita gente que espera que o sonho se realize por mágica, mas toda mágica é  ilusão, e a ilusão não tira ninguém de onde está, em verdade a ilusão é o  combustível dos perdedores, pois....
'Quem quer fazer  alguma coisa, encontra um meio'.  'Quem não quer fazer nada, encontra uma  desculpa'.

Roberto  Shinyashiki


No fim todo esforço vai valer a pena. Eu sei que vai!

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Don't do this!


O título do post refere-se a uma frase muito ouvida pelas crianças. Pena que ela geralmente entra em um ouvido e sai no outro. 
Mas o meu "Don't do this!" vai para as futuras Au Pairs: não arrisque-se se você não tem um mínimo de experiência com crianças.
Convivo com o meu irmãozinho há 10 anos. Já tomei conta de filhos de amigos da família. Já tomei conta de vizinhos.
Mas ontem, 12 de outubro de 2010, resolvi inovar. Fiz uma festinha de Dia das Crianças aqui em casa. No total foram 6 crianças e uma futura Au Pair exausta.
Enquanto uns brincam, outros brigam. E aí um dá um tapa no outro. O outro começa a chorar. E quando a gente vai amparar, ele olha pro sujeitinho que deu um tapa com uma cara de "Você vai se dar mal! Ela tá caindo direitinho na minha cena...". 
No fim do dia, o resultado é uma pia cheia de copos, pratos, restos de comida, brinquedos por toda a parte, objetos no chão e...

Crianças felizes e uma futura Au Pair com sentimento de missão cumprida! 

Aí vão duas fotos da festinha e mais algumas com Kids que me proporcionam a experiência desejada:








Nos mínimos detalhes

Minha mãe costumava dizer que eu passava o dia de pernas pro ar. Não entendia por quê. Poxa, eu ia pro Colégio todas as manhãs!
Hoje eu concordo. Quem dera pudesse ter metade do tempo livre que eu tinha naquela época. Com certeza não passaria sentada na frente da Tv.
Mas aí eu conclui o Ensino Médio. Prestei vestibular  na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Não passei. Encarei como experiência. Então precisava decidir: e agora? Resolvi que tentaria outra vez. Fui atrás de cursinhos pré vestibular, mas nenhum deles me deixou satisfeita. Decidi que era hora de parar de me enganar. Não precisava ir direto para a faculdade só porque todos os meus colegas iam.
No fundo eu sabia bem o que eu queria. Sabia porque sonhava com isso desde que me entendo por gente. Sabia que era hora de realizar o meu sonho. E foi aí que eu decidi que seria Au Pair.

- Arranjei um emprego, afinal precisaria de dinheiro.
- Economizei alguns meses e tirei minha Carteira Nacional de Habilitação.
- Comecei aulas particulares de inglês com a Carla, uma ex Au Pair e melhor professora que eu poderia ter!
- Fui atrás de trabalho voluntário na Casa de Passagem de Novo Hamburgo.
- Continuei a cuidar dos meus vizinhos, agora com mais frequencia (experiência under 2 já possuia).
- Escolhi minha agência (Cultural Care).
- E agora aqui estou eu, começando meu processo.

Ufa!

Acho que agora sim posso dizer que levo uma vida "De pernas para o ar."